A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

E porque vou hoje para Portugal...

Este blog entra em auto-gestao ate 3a feira!

Ate la, a vida em Amesterdao continua sem mim...

3 comentários:

Fernanda disse...

Vou ao aeroporto buscar-te para matar saudades. Beijos e até logo

José Carlos disse...

Certamente que tornastes a tua mãe ainda mais felz. Ela fala com tanto enlevo dos seus filhos, que esta visita deve ser fantástica.
Disfrutem bem estes dias.

josé Carlos disse...

Desculpa o erro. "Feliz"