A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Sense & Sensibility

O primeiro dos 7 já está.

Gostei muito mas as primeiras 20 páginas foram um Inferno de ler... nao estava nada habituada a ler Ingles do século XVIII! Até perceber o que as expressoes queriam, de facto, dizer, foi uma dor de cabeca.

Habituar-me a idades escritas one and twenty em vez de twenty-one;
Perceber que intelligence, significava informacao, notícias ou novidades,
etc, etc, etc...

Mas valeu a perseveranca. As descricoes do Countryside Ingles, a sociedade da época, os papéis na sociedade, os estratos sociais, tudo vale a pena ler.

Comecei ontem o Pride & Prejudice, a história que conheco melhor.

In de keuken

Mais um restaurant week, mais uma experiencia nova! Desta feita, fomos ao In the Keuken ("Na Cozinha").

Éramos um grupo de 8 amigos, pelo que o jantar foi óptimo em termos de ambiente e companhia. Em relacao a comida, fiquei desiludida. Tinha lido críticas tao boas (entre uma avaliacao de 1 a 10 tinham uma cotacao média de 8.9) que as minhas expectativas eram altas.

A comida em si nao era má, de todo, mas também nao me satisfez. Como costumo dizer: -Nao fiquei com as papilas gustativas a dancar.

Além dissso, comecamos a refeicao as 21.30h e só perto da meia-noite é que comemos a sobremesa. O servico foi mesmo muito lento.

Os empregados eram simpáticos, o espaco era agradável, mas nao me parece que lá volte a "precos normais".

SALT


aka Jason Bourne meets Tomb Rider.

Nao achei mau, mas peca pelo exagero. Levam as capacidades físicas da magrela tao ao extremo que perde credibilidade. É um típico filme de accao. Nao encanta e nao chateia. Ve-se.

é oficial, estou a ficar velha

Depois de duas saídas consecutivas em que me deitei as 6h da manha (há meses... anos! que nao fazia duas noitadas), estou aqui que nem posso. E passei o domingo alapada no sofá.

I hate mondays...

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

The Road

Passado num futuro pós-apocalíptico (sem explicacoes) em que tudo está morto. O mundo está coberto de cinza e poucos sao os sobreviventes. Os que existem, enfim... nao vou deixar aqui spoilers.

O filme retrata a viagem de um pai e filho (sem nome, sao Pai e Filho) em direccao ao sul. Sobre o que é o filme? Para mim, sobre reter a humanidade. .

Gostei.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Acabei de almocar e estou a ameacar uma indigestao...

Um colega passou por mim vestido nos seguintes preparos:

  • Camisa de manga curta aos quadrados;
  • calcas de fato com cinto, apertadas logo por baixo do peito (ou seja, 30 cms acima do que é suposto)
  • Como estavam extremamente subidas, faltava perna. As calcas acabavam na canela.
  • E para terminar... nao... nao vou falar dos sapatos. Ainda estou nas calcas. Conhecem a expressao cameltoe? Em homem? Indescritível.

Estou agoniada. Mas será que a mulher nao lhe diz nada de manha?!

Nao quero saber do tempo em Portugal, ok?

Isto é o Verao Holandes. Este ano tivémos, tudo bem somadinho e contadinho, uns 15 dias de bom tempo.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Uitmarkt 2010

Este ano nao se realiza nas ilhas, mas sim entre a Museumplein, a Leidseplein e o Vondelpark... portanto, bem no centro da cidade!

Muitos concertos, espectáculos, danca e teatro.

Se tiver tempo, na 6a feira a noite, estarei a assistir a um concerto intitulado ’Brellando’, com Fernando Lameirinhas, Paul de Munnik e Riet Muylaert. Segundo o programa, Brellando é baseado em interpretacoes de músicas de Jacques Brel. Lameirinhas (Portugues de origem mas a viver em Amesterdao há muitos anos) é compositor e cantor e combina fado com os blues e jazz. Parece interessante. Das 22h as 23.30h, na Museumplein.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Case 39

eu: que filme é?
meia-laranja: É um thriller com a Renée Zellweger, nao sei mais...
eu: OK

(15 minutos depois)

eu: nao meteste um filme de terror sem me dizer, certo?
meia-laranja: nao, claro que nao, é thriller.

(10 minutos depois)

eu: tens a certeza que isto nao é um filme de terror?
meia-laranja: (...)

(5 minutos depois)

eu: Isto É um filme de terror!!!!
meia-laranja: Juro que nao sabia!

(5 minutos depois)

eu: quando puder voltar a olhar, avisa!
meia-laranja: ok...

(5 minutos depois)

meia-laranja: queres parar de ver?
eu: nem pensar, agora tenho que ver os bons ganhar senao nao durmo!

(quando o filme acabou)

eu: nao quero saber de desculpas, se nao tens sono, se acordaste tarde... vens para a cama comigo e ficas lá até eu adormecer!
meia-laranja: ok

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

E hoje voltei a usar as galochas. Oh, felicidade!

Domingos assim

Com convites para almocar um belo polvo a lagareiro, precedido de ostras frescas e seguido de gelado, tudo regado com muita conversa com bons amigos, planeamento de fins-de-semana fora e limoncello, valem tanto a pena!

SAIL 2010

Na 6a a noite, os festejos fizeram-se no Lizboa, um barco-bar que estava atracado na margem e com vista privilegiada sobre os acontecimentos. Viu-se barcos, conversou-se, bebeu-se uns copos, foram e vieram amigos. Uma temperatura amena e uma noite bem passada.

Para sábado, estava combinada uma viagem num barco. O tempo aguentou-se e passou-se mais uma noite animada.








Daqui a 5 anos, se ainda estiver por cá, há mais.

domingo, 22 de agosto de 2010

O(s) livro(s) que se segue(m)



Como tantas vezes escreve a Teresa, I love Amazon! Por 13 libras, encomendei a obra completa de Jane Austen. 7 livros em 1. É maior que uma bíblia. Manter-me-a entretida umas semanitas!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

o livro do momento

Comprado há que tempos mas só recebido em maos estas férias. A gostar muito.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Conversa real

Há uns tempos tive uma conversa com o meu (ex) chefe que foi qualquer coisa assim:

me: Have you heard anything about the plans of X?

boss: No, what?!

me: (...)

boss: My God, you and your suspicions that danger is lurking everywhere; every time I talk to you, it seems I'm watching an elaborate conspiracy theory movie!!!!

me: Well, every time I tell you these things I feel that I'm speaking to Alice, and that she's still in Wonderland!!

Só trabalhando aqui é posso dizer estas coisas e continuar com boas relacoes com a chefia.

(ah, e eu tinha razao)

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Real-time conversation...

me: Quando me vires com a mala 1 até ficas com os olhos em bico, pá!!! Nao percebes que é féchion???
S: Aiiiié péssima!! lol desculpa! lol mas até pode ser fechioneee e tudo mas aquela parte roxa ia-se me dando uma coisinha! compra a 2 filha!
me: nao sei, nao!
S: as fotos vieram dum site, nao?
me: sim sasha.nl
(...)
S: linda, tou num site porno...
me: lllloooollll! Tás a gozar!!
Sofia: nao tou nao! webcam sex! vi mais cús em 3 segundos q na praia
me: nao é saSha, mas sim saCha . www.sacha.nl

(oops!!)

Dúvidas... (auto-explicativo)

Estou entre o gosto muito porque dá com tudo e o valha-me jazuz que isso sao malas de mulher de jogador da bola!!!

Concorrente nr. 1

Concorrente nr. 2
a) a número 1 sem dúvida!
b) a número 2 é muito mais gira!
c) credo, sao as duas igualmente pirosas!
d) escolher para que? Compra as duas!
(Isto nao é futilidade, é servico público. Eu sou o público. Brigadinha)

terça-feira, 17 de agosto de 2010

SAIL 2010



De acordo com a wikipedia:
SAIL Amsterdam is a large maritime manifestation held every five years in Amsterdam. Tall ships from all over the world visit the city to moor in its Eastern harbour, and people can then visit the ships for four days (free of charge).
The event was organised for the first time in 1975 to celebrate the 700th anniversary of Amsterdam, under the name 'Sail Amsterdam 700'.

Sail is one of the largest maritime manifestations in the world, and the largest event of any kind in the Netherlands. Tens of tall ships and hundreds of other historical ships are involved. .
Lesser events take place during the festival, involving small sailboats, sailor choirs or re-enactments of naval battles. The Sail In or Parade of Sail on the first day attracts many other small ships, including creations like a sailing organ (with trumpet accompaniment) or a train converted to a ship. On the next to last day there is a naval pageant and on the last day the 'Sail Out'
.

O programa está disponível aqui.

Um evento que só ocorre de 5 em 5 anos, com concertos, possibilidade de visitar os barcos, música e fogo de artifício, nao é de desperdicar. Adivinhem quem é que já tem lugar cativo num barco no sábado para assistir a tudo no meio da confusao?! Yours truly, pois claro!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Do fim-de-semana

Acordar tarde e a más horas...

Ir ao mercado e ver que se vendem grelos na Holanda.

Combinar um café depois de almoco que se torna almoco, café, lanche e jantar. Sonhar com outras paragens e outros Países.

Acordar tarde e a más horas...

Viagem ao Ikea porque os livros já nao cabem na estante, nem com muito boa vontade. Comprar uma Expedit nova, mais portas e gavetas, carregar tudo para o carro e para um 2o andar, revolucionar a sala e montar tudo. Rearrumar livros e dossiers. Ficar com a sala pronta já perto da 1h da manha.

Ir dormir.

(as fotos das férias vao ter de esperar...)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Grachtenfestival

Os dias nao tem estado maravilhosos, mas é o Verao Holandes, nada a fazer.
Na impossibilidade de gozar os parques e esplanadas, fica a dica:

De 14 a 22 de Agosto, há concertos de música clássica pela cidade toda. Uns pagos, outros grátis.

Definitivamente a aproveitar!

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Ainda Saramago

Aqui há umas semanas escrevi sobre este assunto...

Nestas férias consegui obter cópias de todos os textos que o meu irmao escreveu/publicou na faculdade, incluíndo o que escreveu a propósito do "Levantado do Chao".

(Os meus pais tinham cópias guardadas, parecia que adivinhando que um dia alguém perguntaria por elas. Quantos mais tesouros estarao guardados nas gavetas e armários daquela casa?!)

“Levantado do Chão”

Saramago. Nunca li. E ele escreveu sobre o imenso.
E depois sobre o Alentejo. Li, e tornei a faze-lo, inebriado.
São paginas enormes, um infindável mar em cada uma, de gente, conflitos, dores e a submissão a terra, ao trabalho e ao latifúndio, vergando as costas de sol a sol, morrendo, passando fome. E voltar a página e ver tudo isso outra vez. E há-as lavadas em lágrimas, outras manchadas de sangue, fresco, penadas de vida, e descobrir na contemplação mágica das palavras, umas após as outras, freneticamente, a vida do Joao Mau-Tempo, lavrador e dos outros lavradores e do latifúndio. E no meio da história, outras, pequenas, de um cão morto, do pai e do filho forcados a defrontarem-se em luta, do homem enforcado e de outros, espancados até a morte.
Joao Mau-Tempo nasceu e morreu de Alentejo, mourejou desde petiz, afincadamente, fornicou e casou com Faustina, tiveram filhos, passaram fome e outras misérias, labutaram e lutaram contra os latifundiários, e foram sempre perdendo, acoitados pelo regime e pela PIDE. Conheci-os a noite, deitado na cama, e de dia, nos transportes públicos.
É um livro cru, as arestas rudes (poli-las porque?), os homens iletrados quadrados estúpidos, intensamente vivos de simplicidade. Da primeira a última página nem uma palavra a mais ou a menos, sangueterraIgrejapolíticafomemuitafomemalditoSalazarepide e as espigas de trigo, ceifadas ainda com vida, dos campos do Alentejo.
Acerca do título disse o autor: “Do chão sabemos que se levantam as searas e as árvores, levantam-se os animais que correm os campos ou voam por cima deles, levantam-se os homens e as suas esperanças. Também do chão pode levantar-se um livro, como uma flor brava ou uma ave. Ou uma bandeira. Enfim cá estou eu outra vez a sonhar. Como os homens a quem me dirijo.”

Estou com vontade de pegar novamente no livro...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

I'm baaaack!

Depois de 4 semaninhas preenchidas até ao último minuto (chegámos ontem as 21h e hoje as 8.30h já estava a bulir), mais de 8.500 Kms percorridos, 5 países visitados, inumeras vilas calcorreadas, comidinha boa e companhia ainda melhor, 3 kgs mais gorda e 100 kgs mais feliz, estou de volta!

(os detalhes vao sendo deixados conforme me apetecer e tiver tempo...)