A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


terça-feira, 13 de fevereiro de 2007

Medico

Ha uns tempos, o filho de um colega esteve doente e com febre e, ao fim de 3 dias com ele a queixar-se que a febre nao baixava e que ninguem descansava em casa, perguntei, obviamente, porque e que nao o levavam ao medico.

Resposta naturalissima, disse-me que tinham ligado para a medica e que esta lhes tinha dito que, enquanto o filho fosse bebendo agua, nao havia razao para se preocuparem.... E eles aceitaram sem mais. Perante o meu ar surpreendido disse-me que, se durante o fim de semana o filho nao ficasse melhor, entao iam ao medico na 2a feira seguinte (quando ele ja estivesse doente ha uma semana)...

Obviamente, se fosse meu filho, e segundo os nossos padroes de normalidade, ao fim do primeiro dia ja estava a ir ao medico, mas ca eles tem uma relacao muito especial com os medicos. So la vao quando tem mesmo de ser! Check up?! Para que?! Especialistas?! So se tiver mesmo de ser...

Isto tudo para dizer que vou hoje ao medico interno aqui do trabalho por causa de um sinal que me da a impressao de estar a crescer... sera que se vai rir na minha cara?!?!?

6 comentários:

Fernanda disse...

Ainda bem que segues os nossos padrões! E o médico que conheceste e adora tirar todos os sinais ainda que só ameacem crescer, ainda está no activo. Lembras-te do que ele dizia? Sinal bom é o que já se tirou. Até logo...

Tuxa disse...

Pois, o Campos Lopes! Conheci aqui uma rapariga portuguesa que tambem o tinha como medico... e conta as mesmas historias... sinal?! Tira-se ja!

Emiele disse...

Mas Tuxa, se são crianças realmente os pediatras costumam dizer para se esperar 3 dias. Isso é sempre assim, os 3 dias da praxe. Um pouco para «ver o que dali sai» :D
Mas é claro que o teu sinal, quanto mais depressa ficares sossegada melhor.

AEnima disse...

olha, nao estou por dentro do sistema... mas como eh o sistema nacional de saude ai? Porque aqui a larga maioria dos hospitais eh privada, e so tem direito a desconto quem eh coberto pelo Medicare (velhinhos) e Medicaid (pessoas muito pobres). O que acontece eh que o medicare/aid so ajuda em certos problemas das pessoas (ex: alguem muito pobre tem um problema cardiaco, entao o medicaid paga os medicamentos e x consultas por ano... mas se for a um reumatologista porque lhe doi uma perna, nao eh coberto pelo sistema nacional... tas a ver?). Bem, todas as pessoas TEM k ter seguro, nao eh obrigatorio, mas eh quase... alias, uma vez deu entrada de urgencia no hospital e nao me trataram enquanto nao dei os meus dados todos com o nr da apolice... e eu a vomitar o estomago no WC, e a secretaria a fazer-me as perguntas aos gritos de fora... ridiculo, mas verdade.

Para alem disso, os seguros de saude geralmente tem um deductible e um co-pay. Exemplo mais comum: Deductible $250, co-pay: 80%. Isto significa que quando vais a qualquer medico os primeiros $250 da conta es tu a pagar, para quantias superiores a isso, a seguradora paga 80% do excesso ate 10 mil dolares (em geral) ou 50 mil ou 100 mil... De notar que regra geral operacoes grandes (bypass etc etc) ultrapassam muitas vezes os limites ate ao qual a seguradora paga, pelo que tudo o resto tem que se o utente a pagar.

Ainda ha mais um ponto. Regra geral todos os seguros nao incluem dentistas nem oftalmologistas. Se queres acesso a estes, tens que ter um "dental plan" ah parte ou "eye care plan", ou seja, mais uns 100 dolares por mes para cada, no minimo.

Ja agora, preco medico do seguro de saude para uma pessoa de 30 anos com $250 deductile e 80% co-pay fica nos $1000/ano. Nesse dia que fui de urgencia para o hospital, a unica coisa que me fizeram foi tomar 4 garrafas de soro e umas injeccoes, mais nadinha de nada... estive la 6 horas, conta da minha parte: $600. A seguradora pagou mais de $2000.

O portugues nao faz a menor ideia da qualidade de servico a que tem acesso em Portugal, pois eh. Ja agora, sabes qual eh a forma mais facil de topar quem tem $ aqui nos US? Se tem as caries tratadas, anda bem de vida, de certezinha! (uma coisa tao simples como isso... tratar uma carie, esta fora do alcance de mais de metade da populacao deste estado, e americana em geral).

AEnima disse...

desculpa ter-me "prolongado". Mas eu, antes de ter vindo para aqui viver e ter precisado de um medico, nao fazia a menor ideia destas coisas! Passam despercebidas ao simples turista.

Tuxa disse...

aEnima,

Obrigada pelo comentario. Nao e todos os dias que se tem uma visao por dentro do sistema. Pois, isso assim e uma grande treta!!! Eu sempre tive muita sorte com o meu sistema de saude, primeiro tinha os S. Sociais da CGD, que sao extraordinarios e agora tenho um seguro de saude privado da companhia. Pago do meu bolso e depois sou reembolsada entre 80 e 95% das despesas.
Para teres uma ideia, nem medico de familia tenho em Portugal, nao estou inscrita no SNS e nao existo para efeitos medicos publicos. Nunca precisei. Aqui continuo com o mesmo sistema privado, mas nao sei bem como funciona. Pode ser que daqui a uns tempos tenha um post dedicado ao tema...
Bjs