A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Ninguem tem uma para a troca?


Uma destas e que me dava jeito... um esfregar de nariz e ja estava! A pilha de roupa por passar aparecia prontinha a usar no roupeiro!

1 comentário:

jose carlos disse...

Um dos inconvenientes de estar longa da casa paterna...