A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Visitar Amesterdão

De vez em quando recebo emails de pessoas que vem passar uns dias a Amesterdao pedindo dicas... decidi simplificar e postar umas indicacoes básicas mas que podem ajudar quem cá vem.

1 - Quando vir?
Dezembro, Janeiro e Fevereiro sao muito frios. Menos possibilidades de chuva mas mais possibilidades de neve. Temperaturas entre os 5 e os -10 sao possíveis. Eu gosto muito desta altura do ano, embora os dias escuros e curtos nao sejam fáceis. Gosto quando neva, gosto quando está um céu azul e um frio cortante.
Marco a Maio: Temperaturas mais amenas, as árvores voltam a ter vida, chove muito mais nesta época. É a altura do Queens' Day, em que a cidade se transforma e a época do Keukenhof, a maior exposicao de flores da Holanda.
Junho a Setembro: dias enormes, longos e esplanadas cheias de gente. Dias muito bons (25 graus) alternam com dias mais frescos e chove com muito mais frequencia do que em Portugal no Verao. A minhaépoca preferida em Amesterdao.
Outubro e Novembro: Já faz frio, os dias sao curtinhos (anoitece antes das 17h) mas ainda se consegue andar bem na rua. Tipicamente também é uma época dada a chuva.

2 - Museus:
Rijksmuseum a nao perder (principalmente com a visita "audio"artística), Idem para o Van Gogh e para a Rembrandthuis (casa do Rembrandt - casa-museu). Para quem gosta de fotografia, o Foam.
A casa da Anne Frank tem sempre filas monstras. Eu acho que nao compensa a espera, mas é um marco da cidade.

3- Feiras/mercados.
O Albert Cuijpmarkt vale a pena ver, enorme e cheio de mix de pessoas.
O Bloommarkt (aka floating flower market) é altamente turistico, as flores sao caras e não tem muita variedade. Posto isto é central e vale a pena a espreitadela.
O Noordenmarkt tambem é giro, inclui um mercado biologico e minimini mini feira da ladra.

4 - Sítios emblemáticos.
Os canais. Prinsengracht / Herengracht /Keijzergracht / Singel. Basta andar a passear "à parva" e deixar os sentidos serem invadidos... O melhor da cidade e mesmo andar sem destino, mas o Jordaan nao se pode perder, a zona do rio Amstel, o Vondelpark, a zona das casas a volta dos museus (Museumplein), o Red Light District (para quem tiver curiosidade sobre as meninas em montras), e claro, a Rembrandtplein e Leidsplein (bares e discos).
Se vierem no Verao, podem passear no westerpark e visitar as lojas mais ou menos alternativas no westergasfabriek. http://www.westergasfabriek.nl/whats-on/plattegrond.

5 - Barco:
Há imensos Rondvaaten (barcos que fazem uma volta guiada pela cidade). Custam cerca de 8 euros 1 hora e eu acho interessante que vale a pena.
A Canal Bus, em frente à Centraal Station vende passe para barco. Não é barato, mas vale bem a pena, para além de que é um meio de transporte bem giro (passam junto de todas as atracções). Têm 4 percursos.

6 - Restaurantes / cafés:
Aconselho umalmoco na Place Mangerie (na Kalverstraat - a rua das lojas) pelo conceito e variedade; almoco ou jantar na Pancake Bakerij daPrinsengracht, os hamburguers do Burger Meester, almoco no Vennington (os melhores batidos e optimas club sandwich). a De Bakkerswinke ltambem tem um conceito giro. Tudo isto sao opcoes baratas / medianas. Restaurantes simpaticos e em que nao fiquem depenados ao jantar e mais complicado. Aconselho o Vlamming, ao lado da Pankake Bakerij, o Van Puffelen, na Prinsengracht, o Gare deL'Est, mais fora do centro, mas bom. O Wagamamma na Leidsplein.
Para grupos a jantar num ambiente giro mais ou menos em conta é no cafe amsterdam, uma antiga central termica (as maquinas e turbinas estao conservadas) e um dos poucos restaurantes da cidade onde a cozinha fecha as 11.
Para comer a melhor tarde de maca de Amesterdao, na Lindengracht, há o cafe Thijssen.

7 - Coisas a experimentar:
As stroopwafel artesanais. Pode-se comprar no AlbertCuijpmarkt ou no Noordernmarkt. Quentinhas e boas, feitas na hora. Para levar para casa, há opcoes mais em conta no supermercado... nao sao a mesma coisa, mas sao boas na mesma.
Queijos. Ha imensas lojas de queijo... uma especialidade é o queijo fumado. Mas tudo depende do gosto pessoal. Garantidamente há oferta para todos os palatos!
O arenque cru com pickles... nao e para todos, mas em Roma... podem experimentar!
As drogas leves... não vou fazer apologia das mesmas, mas não as incluir também não faz sentido. Há coffee shops pela cidade toda com todo o tipo de oferta.

8 - Seguranca:
O centro de Amesterdão é extremamente seguro. A pé ou de bicicleta pode-se circular a qualquer hora. Obviamente há que ter os olhos abertos ao ambiente, mas na minha opinião é uma das cidades mais seguras que conheco.

9 - Estadia:
A hotelaria em Amesterdão é cara, na generalidade. Sei que há oferta para todas as carteiras, mas deconheco a qualidade...
Nao conheco muitos hotéis porque moro por cá, mas se alguém já experimentou poisos e quiser deixar sugestoes nos comentários, eu agradeco...
Parece que os NH e o Ibis da Centraal Station sao ambos bons, segundo os comentários.

10 - A língua:
Em Amesterdao nao é preciso falar mais nada que nao o Ingles. Nos cafés, lojas e restaurantes toda a gente é fluente e o Ingles é a segunda língua da cidade. Pedir indicacoes nas ruas também nao é problema. De todo. Muito, muito fácil.
Se quiserem aprender umas palavras básicas em holandes como simpatia o esforco é bem aceite e reconhecido, mas nao é necessário.


E para já é isto, mais assuntos a abordar ou questoes, é nos comentários.

11 comentários:

I. disse...

Cá vão os meus two cents (que são mesmo de turista):
- ficámos no Ibis junto à estação. Localização: 5 estrelas, pequeno almoço: bom e variadito; o quarto era pequeno mas asseado. 3 estrelas, achámos económico e boa relação com o oferecido.

- comprámos um passe de dois dias para uma das companhias que tem barcos pelos canais, a Canal Bus, em frente à estação. Não é barato, mas vale bem a pena, para além de que é um meio de transporte bem giro (passam junto de todas as atracções). Têm 4 percursos, fizémo-los todos em ambas direcções e alguns mais que uma vez. Muito, muito bom.

- Amesterdão é capaz de ser a cidade mais húmida (não é questão de chuva, o ar é mesmo húmido) que já visitei. Mesmo em Junho! Mas em Junho o havia luz até depois das nove da noite, bem fixe.

- Não comprem bolbos no mercado das flores. São em conta, mas os nossos apodreceram quase todos - e foram guardados em local seco e sem luz. Foi um desgosto do qual ainda estou a recuperar. Juro.

- Cuidado com as bicis. Os ciclistas são assassinos em potência. Passam vermelhos, borrifam-se para os peões e, o pior, são silenciosos. Medo.

E pronto.É só :D

I. disse...

(e a não perder os museus que a Tuxa indica, ver a Ronda da Noite e tanto Van Gogh é uma emoção. De arrepiar!)

cdgabinete disse...

Da ultima vez que aí estive, fiquei no NH hotel. Era bom e como apanhei uma promoção foi muito mais barato do que o preço habitual.

Sãozinha disse...

Adorei o Jordaan. E apesar de ter ido duas vezes a Amesterdão em Agosto, apanhei apenas sol da segunda vez, e por isso, gostei mais da cidade.

Kitty * disse...

Vou aí (novamente) na Passagem de Ano :)

SZ disse...

para grupos a jantar num ambiente giro mais ou menos em conta e no cafe amsterdam
http://www.cradam.nl/
uma antiga central termica (as maquinas e turbinas estao conservadas) e um dos poucos restaurantes da cidade onde a cozinha fecha as 11. nao ir entre as 6 e 7.30 (esta cheio de familias com criancas... normalmente a hora a que vou!) se for verao, pode-se passear no westerpark e visitar as lojas mais ou menos alternativas no westergasfabriek.

http://www.westergasfabriek.nl/whats-on/plattegrond

sonia

ps. para qdo uma visita a Blaricum?

Tuxa disse...

Xiii, tanta dica boa!

I. Obrigada, a localizacao do Ibis é excelente, mas tinha medo do ruído dos comboios... é bom saber que não incomoda.
O Canal Bus, é uma dica excelente, nao sei se os barcos são cobertos no Inverno... espero que sim senao a malta gela a carola! Quanto a humidade, o que voces apanharam foi mais a excepcao que a regra em termos de humidade. Acontece 4 /5 vezes por ano e até tem nome: "benauwd"
Quanto as flores, isso é uma grande treta! Queres que te leve alguns bolbos do mercado no Natal??
Quanto as bicis, os turistas malucos é que sao um perigo... em vez de se manterem no passeio metem-se a olhar para o ar nos fietspad (ciclovias)!!! lol

cdgabinete,
Sabes qual NH? Ha varios pela cidade fora... normalmente sao optimos mas sem promocao tem precos puxadotes!


Sãozinha,
Amesterdao com sol é outra coisa! Hoje está um frio do caracas mas temos ceu absolutamente azul e limpo... quem me dera andar na rua!

Kitty *
BOA!!! Eu vou estar por Lx, senao ainda te convidava para uma cafezada... Tem muito cuidado na noite de passagem de ano se andares na rua. Esta malta é doida e gasta milhares em fogo de artificio que é lancado por toda a gente na cidade. É um bocadito perigoso! Se precisares de dicas de noite, avisa!

SZ,
Esqueci-me completamente do cafe amsterdam, vou lá montes de vezes para as jantaradas de grupo! Come-se muito bem e até tarde!
Ando sem tempo livre nenhum, mas está na lista!! Assim que possível lá darei um salto! Bjs

I. disse...

Bom, a bem dizer o nosso quarto era virado para o canal, e não para a via férrea, por isso não incomodou nada.
Os barcos do canal bus têm uma coberta em vidro: nos dias de sol ia parcialmente aberta, nos de chuva ia fechada. Impéc!
E quanto aos bolbos (chuif!) já comprei cá, obrigada. Não tantos (levava também para distribuir), mas já me vão alegar a varanda na primavera. Obrigada pelo oferecimento, anyway!

Kitty * disse...

Olá! Só hoje vi o recado que me deixaste... Que simpática :) Eu sei que há algumas festas por Amesterdão, mas se puderes dar dicas, ficava agradecida! Gosto de música electrónica mas não conheço os festivais de lá...

Beijos.

Anónimo disse...

Olá, bem eu e mais uns amigos meus estamos a organizar uma viagem pra amesterdão lá pra final de fevereiro, princípio de março, e queria-te perguntar se nessa altura ainda apanhamos com alguma neve? E também gostava de te perguntar se costumam pedir b.i.(ou alguma identificação) para se entrar nas coffe shops? *É que como tenho um amigo meu que vai que tem 17 anos, fiquei com essa dúvida, mas á partida penso que não deveram ser muito exigentes ou chatos em relação a essa questão, mas bem fico a aguardar resposta, obrigado! E cumprimentos de Portugal :)

Apenas mais uma pessoa na multidão disse...

Estou em Amsterdam, mês de março. Clima frio, porém muito agradável. Não peguei transporte algum pela cidade, tudo pode ser feito a pé. Peguei um barco apenas para conhecer os canais em um passeio. Achei a cidade muito segura e agradável.
Fiquei no hotel King, próximo a Leidspleine. Preço ótimo e localização incrível. O café da manhã era simples, mas como o mercado é muito barato, achei tranquilo.