A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Socrates

" Não sou nem Ateniense nem Grego, mas sim um cidadão do mundo" estava a saída do metro da Faculdade.

Ja nessa altura gostava desta frase.

9 comentários:

cdgabinete disse...

Boa sorte para a nova mudança!

I. disse...

Ai. Eu ando mesmo lerdinha. A pensar que tinhas um novo desafio, uma nova direcção, mas quer-me agora parecer que é mais radical que pensava. Tu vais mudar de país outra vez? Gabo-te a coragem, a sério.
E desejo-te toda a sorte e sucesso do mundo :)

Tuxa disse...

cdgabinete,
Obrigada!

I.
Sim, vou mudar de País. Quando souberes para onde vou nem vais acreditar... obrigada!

I. disse...

Se for para Old England, London, estico-me de inveja.

Tuxa disse...

Frio, frio...

Anónimo disse...

Também passava por esta frase:) Vais regressar a Portugal?
Paula

Tuxa disse...

Paula,
A aquecer rapidamente.

Anónimo disse...

Se for esse o caso, continuarei a vir aqui (vais manter o blog?) para ouvir como está a correr esta outra fase. Para mim esse é ainda um maior desafio do que ir para outro sítio, pois implica regressar quando já não se é o mesmo. E isto é algo em que também penso muito...
Paula

I. disse...

Tu quieres ber qué viener a bibir en Êpaña? Tu quieres ber qué ieste bluegue se pasará a llamar La Vida en Calle Mariquita?

Bem, ao menos o clima é melhor ;)
(morta de curiosidade, mas vou esperar)