A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Passo dias e dias sem cafeina. As vezes, sao semanas.
Em Amesterdao, bebo cha verde todo o dia, enquanto os coleguinhas beberricam o pseudo cafe da maquina existente.
No escritorio de Paris nao ha tao facil acesso a cha.
Por conseguinte, hoje bebi 3 expressos.
Estou acordadissima e sem sono a vista.
Ola insonia, ola olheiras ate ao queixo. Sou mesmo toto...

2 comentários:

Goldfish disse...

Eu numa brincadeira dessas há uns anos quando dei por mim até tremia de tanta cafeína! Amanhã, ao menos, dormes como um bebé.

Tuxa disse...

Goldfish,
Podes crer que dormi. Que nem uma pedra!