A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Há pessoas que se deixam embalar a grande pela blogosfera, twitter e outros que tais.

Mas ainda há mais gente que tem demasiado tempo entre-maos. Isso e muita sensibilidade. Pfff... a montanha, mais uma vez, pariu um rato.

5 comentários:

I. disse...

Como dizia o Herman, todos temos uma, quem quiser dá-la, dá-la.

Eu dei a minha. Parece que não posso? Mas dei à mesma. E tu deste a tua. Fair enough?

Tuxa disse...

I.
Claro que podes. Mais uma vez, quando, onde e como quiseres. Tal como eu. Só acho que é tudo isto "Much ado about nothing". Nada mais...

I. disse...

Eu também acho. Começou com umas piadolas inofensivas, e de repente tínhamos a brigada dos bons costumes e do "não gostas não lês" em cima. E a dizerem que quem estava a brincar com a situação era mau e feio e invejoso e assim.
Ora era o que faltava, não se poder brincar... então não se pode dizer que a coisinha levou um vestido pavoroso aos Óscares???E não está tudo acessível ao público??? Quem não quer ser figura pública não se expõe. Quem quer, tem que ter presente que pode ser alvo de piadolas.

E daí, a bola de neve. Cada um a defender a sua posição e, no meu caso, o direito a se ter uma posição, que é aquela que tenho e prontUs. Cada um com a sua, desde que se respeite o direito de cada um ter a sua.
Por mim, era só isto.

Mas ninguém se pode meter com divas, que vem logo a entourage toda armada de louboutins e manolos para nos vazar uma vista. Apre!

Tuxa disse...

LOL!!!
Eu a sério que percebo. Deixei 1 único comentário num blog a este propósito e até já me arrependi. Porque estou-me verdadeiramente a cagar para a polémica. Mas nao deixo de achar incrível que haja polémica.

E quanto a sapatos, eu cá prefiro as minhas doc martens!

I. disse...

Pois, eu vi... da Doruxa queriduxa. Tens todo o direito, ora essa.
Mas a fofinha da Doruxa começou a espalhar veneno por todas as caixas de comentários de posts que falam do assunto... a chamnar-nos rufias e sei lá que mais. Ataques pessoais, mesmo.
E olha que tivemos um bate boca enoooorme no blog da Margarida nunca ninguém a atacou pessoalmente. Cena macaca.É que não há maneira de a fazer ver que não, nós não queremos censurar ninguém, nem dizer o que devem ou não escrever, e que sim, cada um faz o que lhe apetece, mas nós temos o direito de não gostar e o dizer, ou não?
Bolas, eu passo a vida a gozar com blogues de gaja, tal como elas gozam com os ditos blogues de inteléquetuais! Qual é o mal? Quase ninguém me lê, nem eu ando aí a promover-me, quero é sossego, e agora isto?
(é, já deixou de ser mais divertido que trabalhar)