A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Acabei de me cruzar na Kalverstraat com o Joao Baiao. Fiquei na dúvida entre dar-lhe um olá e empurrá-lo para baixo de uma bina.

Nao fiz nenhum dos dois...

3 comentários:

Andorinha disse...

A bina! A bina! O dinheiro! O dinheiro!!

Tuxa disse...

Andorinha,
Sou uma coracao mole, nem assim um comentário gozao nem nada... deixei-o ir "sogadinho"...

Andorinha disse...

És uma "fácil". Não foi pra isto que te andei a treinar! Como é?