A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


segunda-feira, 7 de junho de 2010

Panico

Fui convidada / obrigada para ser speaker numa conferencia em Paris. Tenho um espaco de 40 minutos para encher. Esperam-se a volta de 100 pessoas (da indústria que, presumo eu, nao sejam tótós que se deixem enganar se eu comecar a dizer disparates).

Já estou com o estomago embrulhado e ainda faltam 3 semanas...

6 comentários:

Andorinha disse...

Breathe in, Breathe out. Tu és capaz de dizer o que seja, a voz é que tem de se manter firme. Um copinho de vinho do Porto em jejum pra essas coisas é milagroso! ;)

JoanaM disse...

You can do it!
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/12/We_Can_Do_It!.jpg
É em Francês? Isso também não é um problema para ti... 5-10mins para questões, 5 minutos para introdução, já são só cerca de 20mins de slides! ;)

I. disse...

Se fores da minha cepa, nestas 3 semanas gastas toda a tua capacidade de entrar em parafuso e, chegada a altura, mesmo que queiras, não consegues. Vai correr bem ;)

DRei disse...

Como em tudo, vais conseguir e dar um brilharete!! :) Confianca!

ana disse...

ola! O meu filho vai fazer erasmus em amsterdao (economia) e tenho tido alguma dificuldade em perceber quais sao as melhoras zonas para viver... vi a reportagem s os contentores, parece me bem mas ficam numa zona central? Obrigada

Tuxa disse...

Obrigada a todas, merci merci pelo voto de confianca. Eu sei que quando chegar a hora da verdade, a voz sai-me projectada e com confianca, mesmo que esteja a morrer por dentro. Tipo actor. Entro na personagem de "tipa especialista que sabe do que fala" e siga... é esperar que nao haja muito Q&A.