A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Dos fins de semana cheios

Acordar sábado, tomar um belo pequeno-almoco, ser desafiada pela Andorinha para ir as compras (e eu que detesto ir as compras) porque queria apoio psicológico para enfrentar lojas (ela também adora compras - NOT), passar a tarde toda a deambular pela cidade, terminar a tarde num café a conversa; seguir para um restaurante onde nos encontrámos com metade da comunidade portuguesa de Amesterdao, assistir ao concerto de Deolinda (muito bom e quase ao estilo Unplugged MTV) e depois de uns copos, seguir para o De Nieuwe Anita.

Domingo ir buscar o carro, passear em Loodsrecht, descobrir um café excelente com brunch e high tea de domingo, um sítio perfeito para ir com amigos nos dias frios de Inverno que se aproximam, fazer uso do maravilhoso mundo do Marktplaats e ir comprar os nossos pneus de Inverno por menos de metade do preco, regressar a casa a tempo de fazer uma sopinha de couve lombarda e feijao e pastelar no sofá (enrolados numa mantinha) enquanto vimos um filmezito na tv.

Para ser perfeito, perfeito... era hoje ser feriado e poder ter ficado em casa também...

5 comentários:

Andorinha disse...

Não fosses tu tinha desesperado passado meia hora e comprado outra cena qq e desandado! Salvaste-me o outfit do próximo casamento e pra próxima tenho é de levar uns ténis pra coisa ser mais rápida. Entenda-se que a próxima é daqui a uns 6 meses, que eu cá prefiro ficar com vocês nos ditos cafés excelentes, sim? ;)
OBRIGADA!

Tuxa disse...

Andorinha,
Combinado! Bj

Rubi disse...

Como te entendo...lol

I. disse...

Tchiii, o que eu gosto de andar aos trapos. Mesmo que não pretenda comprar (nem compre) nada, adoro ver. Então sapatarias, é o meu relax, adoro andar a ver, experimentar (e muitas vezes não compro nada, juro). A minha mãe fazia o mesmo. E também saí a papai, às vezes vou relaxar para o Aki, ou o Leroy Merlin :)

(quanto é que me pagavam aí para ser personéle chóper, hein?:D)

Anónimo disse...

Caros Amigos Portugueses

É com enorme felicidade e orgulho que leio na Internet o que os emigrantes escrevem com tanta saudade e gosto acerca de Portugal e dos Portugueses. Parabéns!
Temos sem dúvida um país extraordinário e cheio de pessoas notáveis e tenho muita esperança que esta nova geração contribua para que o nosso país continue a ter a grandeza que sempre o caracterizou.
Sou membro da Sociedade Histórica da Independência de Portugal e como voluntária estou a ajudar a organizar as celebrações do 1 de Dezembro, feriado mais antigo de Portugal.
Este feriado celebrava a Restauração da Independência de Portugal em 1640, depois de muitos anos em Guerra contra os Espanhóis.

Foram criados muitos eventos culturais propositadamente para esta celebração para que possa ser um festejo abrangente da nação.
Seria simpático também unir os portugueses em todo o mundo e lembrar aqueles que deram a vida para termos e mantermos um país independente com tantos séculos de história.

Ver os sites :

- Projecto 1 do 12 ao Vivo*. www.1do12aovivo.wix.com/projecto

- Página do Facebook. www.facebook.com/Projeto1do12aoVivo

- Jogo cibernético do Conjurado Virtual que estamos a desenvolver
http://zunal.com/webquest.php?w=207691

- Rede Social Ning - http://1do12aovivo.ning.com/


*- Para ver calendário de eventos clicar no botão "mais" do menu inicial.

Pensei que seria extraordinário se nas vossas localidades e grupos de amigos se juntassem a esta festa que organizamos com tanta alegria.

Para tal, bastava organizarem uma actividade qualquer, tirarem umas fotos e enviarem para o facebook. Podiam também inscrever na rede ning de partilha de informação.
Pode ser qualquer actividade social como um encontro, cultural, desportivo, etc. Basta ser criativo e desenrascado como bom Português e meter mãos na obra.
Vamos encher o mapa das celebrações com portugueses no mundo.

Muito obrigada, um abraço a todos e boa celebração.

Raquel