A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Maluquinha

Estao -3 graus.
Tenho luvas calcadas, as princesa Leia nas orelhas e o casaco de penas vestido.

Passou agora mesmo por mim uma miuda de saia, collants pretos fininhos e sapatos com os dedos de fora. Com casaquinho de malha... No comments!

8 comentários:

I. disse...

Doidos varridos. Já devem nascer com imunidade ao frio.

Anónimo disse...

Mas o engraçado é isso: eles não são imunes, vê-los aí a tremer que nem varinhas...são é...parvinhos.

Ana (o teu blog é mice ;)

Anónimo disse...

(*nice)

Tuxa disse...

I.
é mais como a Ana diz, sao parvinhos... a rapariga ia mais encolhida que uma ameixa seca!

Ana,
Obrigada!

Carolina Mendonça disse...

Olá...
Acabei de chegar a Amesterdão com o meu marido... Realmente acho que das duas uma: ou esta gente têm imunidade genética ao frio, ou são mesmo tolinhos da cabeça, porque se diz na minha terra, está um GRIZO que não se pode.
Adorei o blog, e está a ser bastante útil a nível de informação, uma vez que o meu marido agora vai trabalhar por cá. Parabéns.

Carolina

Goldfish disse...

Este ano ficou frescote cedo, hã? Ainda bem que a jeropiga e as castanha sempre aquecem uma pessoa...

Tuxa disse...

Olá Carolina,
Bem-vinda a Amesterdao! Escolheram a pior semana para mudancas, caramba... boa sorte e em relacao a casa, podes mandar-me email para martasgcalado@gmail.com que eu tento dar-te umas indicacoes.

Golfish,
Bolas, é que tem estado mesmo mau! A Jeropiga já foi toda mas ainda tenho umas castanhitas para fazer este fim-de-semana!

AEnima disse...

Sao iguaizinhos aqui.... os estudantes, pricipalmente as miudas, com uns vestidos so top, sem collants, saltos agulha num chao de neve...