A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Cenas da Vida real (I)

Esta situacao passou-se no comboio Antuerpia-Gent...

Vinha sentada na ultima carruagem do comboio e quando este se aproxima da estacao de Gent, onde eu queria sair, dirigi-me para a porta. A minha frente estava uma senhora com um carrinho de bebe (e respectivo bebe la dentro) e tralhas obrigatorias. Quando o comboio para, ambas notamos que a plataforma estava a cerca de meio metro do comboio... o comboio era tao comprido que a ultima porta ja nao estava alinhado. A senhora ainda comecou a tentar sair, mas o controlador de bilhetes, que entretanto tinha saido do comboio e estava na plataforma, comecou a gesticular e a dizer para ela nao sair por ali, que era perigoso, para sair antes pela porta da frente da carruagem.

Claro que, carregada com sacos e com um carrinho de bebe que mal passava no corredor, a progressao pela carruagem foi lenta... ao chegar a porta da frente, entra o controlador e comeca a disparatar com a senhora, perguntando: - Mas voce quer sair ou nao??
Ao que a senhora responde, que sim, que claro que quer sair, mas com o carrinho de bebe nao consegue ser mais rapida.

Qual foi a reaccao do controlador? Pois... disse-lhe: - Olhe, agora azar, ja nao a deixo sair, tera de ir ate a proxima paragem!!!!! E deu sinal de arraque ao condutor! Ou seja, isto tudo passou-se ainda com o comboio parado e de portas abertas. Como a senhora estava a minha frente (e a frente de todos quantos queriam sair ali), ficamos todos presos no comboio ate a estacao seguinte. Sem mais. Toma la. E a chegada a estacao, o controlador saiu a frente da senhora, viu-a em dificuldades para descer o carrinho de bebe e virou-lhe as costas.

Felizmente Gent tem duas estacoes de comboios, e saimos ainda na cidade certa, senao so tinhamos saido do comboio sabe-se la onde!

Ficou-me a pergunta: se entretanto passasse o pica e me multasse por nao ter bilhete valido para a totalidade da viagem?! Francamente, acho que tudo era possivel!

2 comentários:

JoanaM disse...

Se calhar é tudo a favor da pontualidade dos comboios, se calhar têm aquelas coisas de pagar aos passageiros se houver atrasos.
De qualquer modo, que atitude estúpida! Fosse o sr pai de filhos e imaginasse a mulher naquelas dificuldades a ver o que dizia...

Nuno disse...

Passo-me completamente com este tipo de atitudes. O que mais me irrita ainda e que me parece que sou o unico a mandar vir quando estas coisas acontecem. Sera o sangue latino ou pura acomodacao dos nativos?

Sinceramente, adorava saber onde e a DECO ca do sitio. Sabes?

Bjinhos