A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

India (V) - a comida

Levei Imodium rapid, levei ultra-levur, levei paracetamol, levei ben-u-ron, levei antibiótico de largo expectro.

Comi fruta fresca e cortada todos os dias,
Comi legumes crus,
Bebi lassis e sumos de fruta,
Comi tudo o que havia de local.

Tive cuidado com os sítios em que comia, nunca bebi água sem ser mineral.

Nao tive nem um sustozinho para recuerdo! E comi taaaao bem.... spicy, curry, chilli, coconut... tudo maravilhoso!

2 comentários:

I. disse...

Ainda bem! :D
Olha que no Egipto tive um desarranjo épico. Cruzes, só de pensar.

Tuxa disse...

Pois, eu também tive um desses no Egipto. Monumental. E por isso fui de farmácia as costas. Correu bem e nao precisei de nadinha...