A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


terça-feira, 15 de abril de 2008

preludio do fim-de-semana

Depois de alguns emails trocados e de muitas conversas pelo Gmail, conheci ao vivo e a cores o N., a I. e a pequena C., um casal tuga recem-chegado a Amesterdao.

Um jantar muito simpatico, num restaurante Peruano e children-friendly, que deu para saber mais por tras das motivacoes e decisoes de partir. E rir um pouco com os primeiros percalcos e com as diferencas que imediatamente se notam. Desde o cumprimento de horarios ao comportamento dos agentes imobiliarios, sao tantas as diferencas que nao e possivel elencar. So sorrir e pensar que, tambem isso, faz parte da experiencia!

Muito bom!

So por estas coisas, vale a pena ter um blog e manter o espirito aberto em relacao a quem, inesperadamente, me bate a porta.

1 comentário:

sonia disse...

eu tambem os conheci e o nuno vem ca jantar na sexta.

very nice family!