A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


terça-feira, 8 de abril de 2008

Fim-de-semana (FILMES)

E este fim-de-semana vi:

In the Valley of Elah
Um filme que passou aqui relativamente despercebido. Com um Tommy Lee Jones mais intimista e contido, uma Susan Sarandon (quase) inexistente e uma Charlize Theron discreta e convincente no papel de policia.

Um filme que me surpreendeu pela positiva. Aborda um tema dificil (o do regresso ao "mundo normal" depois da guerra) por uma perspectiva algo inesperada. E nao toma partidos, nao escolhe um lado. Nao cai na critica facil a guerra nem se mostra pro-belico, embora as personagens o sejam tendencialmente (sao do exercito). Um equilibrio bem conseguido.


There Will be Blood




Como ja tanta tanta gente disse e escreveu e ate a Academia concordou, o Daniel Day-Lewis faz um papelao. A historia nao decorreu da forma que eu tinha imaginado (isto de se ler daqui e dali faz a imaginacao trabalhar) mas nao deixou de ser um bom filme, tornado bom acima da media pela interpretacao do Daniel a fazer de Daniel (Plainview).

Nao imprescindivel, para mim, mas sem duvida a ver, pois claro!


The Mist
Nao costumo ser grande fa de filmes de terror, mas como tinha gostado bastante do "Dreamcatcher", tambem baseado num livro do Stephen King, decidi fazer companhia ao meia-laranja e ve-lo. Tambem porque confesso que achei que nao seria realmente um filme de terror. Terror, para mim, envolve o sobrenatural. Fantasmas, possessoes e coisas do genero. Sangue/bestialidade humana ou extraterrestres impressionam-me mas nao me tiram o sono. Neste caso, eram extra-terrestres. Ou pelo menos, seres que nao da nossa dimensao.

E gostei. Gostei da historia, gostei do fim. Dentro do estilo, aprovado.

2 comentários:

bonifaceo disse...

In the Valley of Elah, estive para ir ver, mas nunca esteve em primeiro nas opções e acho que já acabou por sair, e queria ver o There Will be Blood, mas muito estranhamente não passou em Aveiro, ou já não passa ou passará no Cineclube Oita, que só tem uma sala e onde passou o The Darjeeling Limited, mas como só esteve uma semana não deu para mim.
E filmes de terror, pois, também não são o meu forte, não vejo grande piada, só vejo quando me convidam.

sonia disse...

atraves de um comentario no meu blog de outro expat a viver em delft fiquei a saber deste festival de cinema portugues e espanhol a comecar ja no dia 10. ora espreita la!

www.festiberico.net

jinhos