A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

fraquinhos...

fraquinhos, os chineses em Amesterdao!

Ou celebraram na noite anterior ou estao a guardar-se para o fim-de-semana, porque ontem nao havia absolutamente nada de diferente no bairro chines! Que desilusao...

2 comentários:

Rubina disse...

O mesmo nao posso dizer daqui. Vi-me no meio de uma festa imensa :)

JoanaM disse...

Pois... A minha mae ainda estava comigo nessa altura e acho que houve desfile com o dragao na 6f de tarde, mas eu estava a trabalhar e a minha mae nao foi ver. Nesse dia fomos jantar a um restaurante chines. A minha mae poe-se a falar com as senhoras e eu apanho do ar... Mas disseram que aqui nao faziam nada porque eram poucos e estava muito frio e ficavam a trabalhar... Mas ao menos ha supermercados e restaurantes onde se pode comer bem, enquanto que em PT e' dificil...