A vida em Amesterdao



Nao o retalho da vida de um medico, mas o retalho da vida de uma portuguesa na terra dos diques, bicicletas, tulipas, moinhos, queijo... e sim, das drogas e do Red Light District tambem.


sexta-feira, 20 de abril de 2007

Que sorte!

Ja nao me bastava o homem do realejo... Agora tenho toda uma feira a porta do emprego! Irra!

2 comentários:

Fernanda disse...

Vão dar contigo em doida. Compra protectores para os ouvidos. Vai durar quanto tempo? Bem, o homem do realejo espero que dure muitos anos, mas e a feira?
Saudades.

Tuxa disse...

Uma semana, espero... uma longa, longa semana!